Resenha Our Fall - Amanda Maia

20 de setembro de 2018

Oii gente! Tudo bom com vocês? Espero que sim. Hoje trouxe a resenha de Our Fall, primeiro volume da trilogia The Fall. Bora lá conferir?!




Título: Our Fall
Autora: Amanda Maia
Páginas: 589
Nota: ❤❤❤❤❤
Link Para Compra: Amazon
Livro No Skoob: Skoob
Sinopse: Para Quinn Portman ser a garota perfeita nunca foi um sacrifício. Filha de um militar respeitado nos Estados Unidos, irmã e amiga atenciosa, estudiosa e responsável, ela só pensa em deixar os pais orgulhosos de suas escolhas. Sua vida sofre uma reviravolta explosiva quando James Ridley cruza seu caminho. Corpo esguio, sorriso sagaz e um olhar que parece querer desvendar tudo, mas não revela absolutamente nada. Sem conseguir resistir aos encantos misteriosos do homem atraente que a cerca, Quinn ignora os sinais que ele lhe dá a respeito do seu passado e garante que não há nada que ela possa esperar dele no futuro. James vai fazer com que os princípios inabaláveis de Quinn se tornem seu pior pesadelo. Se a verdade é o estopim para a queda, ele se aproxima.



Quinn é uma jovem de 17 anos, no último ano do ensino médio. Ela sente uma forte atração pelo seu novo professor de literatura James Ridley, um cara bonito e misterioso. E como consequência suas notas começam a cair bastante na aula de literatura.


- Ele quer me dar aulas de reforço, minhas notas caíram e isso pode me prejudicar quando for para a faculdade. - Dei de ombros, indiferente. - Não sei se vou aceitar.



Ao decorrer, ambos, Quinn e James, começam a se sentir confusos em meio aos seus próprios sentimentos e também uma enorme preocupação, afinal acontece um envolvimento entre aluna e professor.
Como é construído o relacionamento entre eles é ainda melhor, pois não fica nem um pouco cansativo e repetitivo, pelo contrário, cada vez que eles se envolve, é de um forma diferente e única, o que te deixa num ansiedade sem fim ao esperar por uma nova interação entre eles.



- Tudo bem, Quinn, eu não vou morder você. - Ele sorriu modestamente. Talvez fosse o vapor, pois o aquecedor da piscina estava alto, porque a sensação estranha de que não conseguia respirar veio à tona.



Também acontece uma ótima participação dos personagens secundários, que estão sempre fazendo seu charme na história, como Alice, irmã de Quinn, uma garota de 7 anos, ri muito das cenas com Alice.



- Você é muito bonito. Deve ser por isso que as notas dela caíram. - Observei enquanto ela tombava o pescoço para o lado e James sorria encantando por Alice.



Minha Opinião: É um livro que te faz sentir um redemoinho de sentimentos e sensações. A história parece ser só mais um clichê colegial, mas esse livro foi uma incrível surpresa. Você vai se pegar preso, querendo chegar logo na última página e desvendar todos os mistérios. James é muito mais do que só um rostinho bonito, ele esconde segredos por baixo de toda aquela calma e tranquilidade. Our Fall é um livro extremamente intrigante, e a autora soube me deixar bastante curiosa, a cada virar de páginas eu me sentia mais interessada em saber quais eram os segredos de James. Cada página virada eu ficava tipo: AI MEU DEUS. Um romance cheio de mistérios e reviravoltas, super indico.



Quando eu achava que ele já mostrou o suficiente para que eu me apaixonasse ele trazia algo novo.



Espero que tenham gostado, um super Beijo e até a proxima.

Resenha Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Maas

17 de setembro de 2018

Oii gente! Tudo bom com vocês? Espero que sim. Hoje trouxe a resenha do segundo volume da série Corte de Espinhos e Rosas.
Essa resenha pode conter SPOILER do livro anterior.
Leia a resenha de Corte de Espinhos e Rosas



Título: Corte de Névoa e Fúria
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 658
Nota: ❤❤❤❤❤
Sinopse: O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.





O livro começa 3 meses após Feyre ter quebrado a maldição, agora noiva de Tamlin, a jovem passa seus dias planejando o casamento, mas o que ninguém sabe, nem mesmo Tamlin,  é que o que aconteceu Sob a Montanha ainda lhe atormenta, fazendo com que toda noite feyre tenha pesadelos. 



Apenas um pesadelo. Um de muitos, dormindo e acordada, que me assombravam ultimamente.



Até que no dia do seu casamento Rhysand aparece para cobrar o acordo que firmou com Feyre e a leva para a Corte Noturna.



Eu não deveria ter ficado surpresa. Não quando Rhysand gostava de tornar tudo um espetáculo. E achava que irritar Tamlin era um tipo de arte.



Feyre acredita que voltando para casa possa recuperar sua paz e felicidade. Mas o que era para ser seu lar, acaba se tornando uma prisão. Tamlim por querer protegê-la acaba por sufoca-lá ainda mais.



Mas ele... ele me prendeu. Ou era muito profundamente incapaz de me entender, ou ficara destruído demais pelo que acontecera Sob a Montanha, mas... ele me prendeu.



Minha Opinião: Se o primeiro livro eu adorei, o segundo eu amei, essa série entrou para os meus livros preferidos da vida. Personagens apaixonantes, a escrita da autora me prendeu mais ainda nesse livro, eu não conseguia largar até terminar. A história vai se desenrolando num ritmo frenético, de tirar o fôlego, com uma pegada mais hot do que no primeiro livro.
Neste segundo livro temos muitas de nossas dúvidas respondidas.
Aos poucos, Feyre vai se distanciando daquela menina destruída e quebrada.
 O final é eletrizante, ri, me emocionei, me encantei. Agora só esperar as próximas emoções de Corte de Asas e Ruína.




Por amor, ela enganou a morte.
Por liberdade, ela se tornará uma arma.


Espero que tenham gostado, um super Beijo e até a próxima...


Resenha Corte de Espinhos e Rosas - Sarah J. Maas

14 de setembro de 2018

Oii gente! Tudo bom com vocês? Espero que sim. Hoje é dia de resenha, bora lá conferir?






Título: Corte de Espinhos e Rosas
Autora: Sarah J. Maas
Páginas: 434
Editora: Galera Record
Nota: ❤❤❤❤❤
Sinopse: Nesse misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance. Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… ou Tamlin e seu povo estarão condenados.



Feyre é uma jovem forte e decidida, que após perder toda a sua fortuna se muda para uma aldeia com suas 2 irmãs e seu pai. Feyre se viu obrigada pela fome a assumir a responsabilidade pelo sustento de sua família, pois o pai estava ocupado demais se sentindo inútil e as irmãs estavam muito bem acomodadas enquanto usufruíam das provisões que a caçula conseguia,
 tudo muda quando em um dia de caça ela mata um feérico por engano.

Minha garganta secou. Eu havia matado um feérico. Mas ele parecia e dava a impressão de um lobo.

Ela é levada a Prythian como forma de pagamento pela morte do feérico. Seu raptor Tamlim um jovem de cabelos dourados e estranhos olhos verdes, ele era um dos Grão-Feéricos, um dos nobres governantes.

A besta afundou na cadeira, a madeira rangeu, e, com um clarão de luz branca, a criatura se transformou em um homem de cabelos dourados.


Após chegar em Prytian Feyre procura uma forma de poder voltar para casa, para cumprir a promessa que fez a sua mãe no seu leito de morte, a jovem prometeu cuidar de sua família. Feyre começa a aceitar sua estadia em Prytian após descobrir que Tamlin está cuidando de sua família. As coisas começam a mudar e novos sentimentos começam a surgir.


A sensação era tão assustadora que saí, segurando o papel amassado no bolso, como se fazer aquilo pudesse evitar que aquele sorriso em resposta despontasse em meus lábios.


Minha Opinião: Estou cada vez mais apaixonada pelo gênero. Esse livro é o primeiro volume de uma série (Corte de Espinhos e Rosas/ Corte de Névoa e Fúria/ Corte de Asas e Ruína). Confesso que estava com um pouco de receio de ler essa série, vi muitos comentários negativos, li alguns comentários sobre o início do livro ser maçante e etc, e devo dizer que não concordo. O livro é grande, mas o número de páginas foram essências para podermos entender a história. Uma leitura super fluída e envolvente, que te prende desde o início. Amei os personagens, uma leitura bastante divertida e com uma pitada de hot (do jeito que eu amo haha).
Leiam, vocês irão adorar.
Corte de Gelo e Estrelas um spin-off que se passa vários meses após os eventos dos livros anteriores, será lançado no dia 22/10/2018 e já está em pré-venda.
Já leram essa série? Me contem aqui nos comentários.


Ela roubou uma vida. 
Agora deve pagar com o coração. 


Espero que tenham gostado, um super Beijo e até a próxima...

Tecnologia do Blogger.